Out 23

Continuo contra os que usam a ordem pela ordem, em preconceito

Governo revoga benefícios às instituições religiosas mas não os tira à Igreja Católica – Economia -.

Se isto corresponde à verdade, eis a ditadura das finanças, mesmo que subscrita pelo parlamento

Portas não seguiu o conselho de bom senso com que António Lobo Xavier o pressionou, ao lado de Pacheco Pereira e de António Costa. O endireita temeu ficar tão bonzo quanto Ângelo Correia, nos seus recados a Passos Coelho.

Continuo contra os que usam a ordem pela ordem, em preconceito, com o despacho contra o regulamento, o regulamento contra a lei, a lei contra o direito e o direito contra a justiça e daí lavam as mãos, como Pilatos

Porque já não há Roma nem romanos, qualquer dono do poder paga a traição, neste mundo de bananas e sacanas, a que chamam governança, onde tudo se vende, à posta e à prebenda, com gente que apenas torce porque tem medo de quebrar, gente sem espinha que vai rosnando elogio à treta