Depoimento ao jornal Público

“Está em risco o país…Presidente tem de reagir como última fonte de refrescamento da legitimidade, usando a posição “suprapartidária” para um “regresso a uma espécie de pacto entre a sociedade civil e os partidos”, porque não chegam coligações, impondo-se uma concertação até com forças morais (JAM, Público, p. 6)

Comments are closed.